Forum Rachaça

Data: 18/07/2011

De: Fabão

Assunto: Procura-se o Ludson Formiga

Atenção, gratifica-se bem quem der o paradeiro do nosso colunista esportivo, Ludson Formiga.

Data: 08/07/2011

De: Ludson

Assunto: Esporte e Produtividade no dia a dia.

Amigos, desculpem a ausência dos comentários, mas mais uma vez parabenizamos nosso amigo Cleiton pelo retorno aos gramados e dizer que agora nossa torcida é pelos retornos dos amigos Frank e Lamparina que estão em processo final de recuperação, aos 2 paciêcia, MAS ESTÁ CHEGANDO A HORA...

Abaixo boas dicas do Nuno Cobra.

'O ATLETA E O EXECUTIVO' - NUNO COBRA

Pessoal das corridas, eis um artigo interessante para as pessoas que suportam grande estresse, como administradores. O artigo versa sobre a necessidade de aliar a 'mente' com o 'corpo' através da atividade física. Para aqueles que gastam todo seu tempo com o trabalho e MBA's, Prof. Nuno Cobra alerta que no futuro a condição física poderá ser um diferencial. Dei o nome a esse post, parodiando o livro 'O monge e o Executivo', best-seller entre os executivos. Enjoy!
.
Afinal, qual a rotina ideal de um executivo de seguir para atingir seu máximo de seu potencial e, portanto chegar aos sucesso? De acordo com o Professor Cobra, em primeiro lugar ele deve dormir bem. “Dormindo em torno das 21 horas, ele irá acordar tranquilamente às 5 horas e poderá correr ou caminhar – sempre de acordo com o seu momento cardiovascular”, ensina.

Com um método de trabalho pioneiro e pensamentos ousados, Nuno Cobra fez polêmica com sua premissa ‘chegar ao cérebro pelo músculo e ao espírito pelo corpo’. Muitos anos depois, ele ainda sustenta a idéia e explica como aplica-la ao profissional do setor administrativo. “Todo trabalho consciente com o corpo físico exige a participação da mente. A relação é fisiológica e natural”, comenta. “Há sempre a necessidade de trazer a mente ao trabalho com o corpo”, continua.

Uma corrida leve ou caminhada. Realizar movimentos suaves é o mais indicado. “Exercícios gostosos sem malhação ou exageros nas cargas e jamais realizar um trabalho com a respiração ofegante”, ensina. Ao terminar, nada de correr contra o tempo. A ordem é descansar alguns minutos, tomar um bom banho e aproveitar o café da manhã. “Essa é a hora de se comer melhor”, garante. Ao iniciar o dia assim, o executivo chegará ao trabalho por volta das 7 horas, bem disposto. “Diferente da maioria, que chega ‘meio dormindo’”, fala.

De acordo com Cobra, por mais força que se faça, sem dormir adequadamente – em profundidade e quantidade – a pessoa não rende tudo que pode. Por isso a tendência é o aumento do estresse. Outro fator que deve ser levado em consideração é a alimentação. A maioria das pessoas sabe ou já ouviu falar que longos intervalos entre uma refeição e outra são prejudiciais. Daí, ele ressaltar a importância de se alimentar a cada 3 horas e abusar das “cores” no prato (diversos legumes e verduras). Além disso, comer bem no almoço e aproveitar comidas mais leves no jantar.

Aplicada a qualquer profissional a despreocupação é um dos itens fundamentais anti-estresse, mas que exige esforço do executivo. Afinal é necessário deixar as negociações e preocupações de lado e trazer o pensamento para o presente. “É preciso concentrar-se, se ocupar bastante no trabalho e jamais se preocupar”, dia Cobra.

Um alerta aos executivos que fazem esteira diante da televisão: o trabalho ocorre, mas sem a participação da mente, o que é fundamental para entrar em contato com a alma. “O trabalho com o corpo físico é a forma mais concreta de se espiritualizar porque as transformações orgânicas são tão majestosas e magníficas, que leva inexoravelmente a perceber que seu organismo foi confeccionado por alguém muito superior e divina”, explica. “Essa transformação estupenda vai se operando sob sua vista e participação ativa é de tal maneira matemática, que se explica a presença de Deus dentro de você. Te espiritualiza”, conclui.

“Acredito que no futuro as empresas irão observar com muito cuidado, qual será o consumo máximo de oxigênio do candidato (VO2), ao analisar currículo para cargos de liderança e expressão”, prevê Cobra. Sem o nível adequado de VO2 no organismo, a pessoa não pode aproveitar todo seu potencial. “Se esforça, se estressa e produz muito pouco; fica doente com facilidade; está sempre faltando ao trabalho. É um desastre para a empresa ter um colaborador em péssimas condições de saúde”, explica

Data: 01/07/2011

De: celio antonicco

Assunto: comentário do rachaça



Não entendo porque esse comentarista que carrega uma bomba de mil megatons em sua pancinha não jogou domingo no time da imprensa.
Mais uma vez parabéns pelos comentários. Valeu!

Data: 01/07/2011

De: Ludson

Assunto: Re:comentário do rachaça

Valeu Célio...

Data: 28/06/2011

De: Ludson

Assunto: Comentários do Final de Semana RACHAÇA

“JOGO SÓ ACABA APÓS O APITO FINAL DO ÁRBITRO”

Final de semana em dose dupla para o RACHAÇA, sábado nosso tradicional racha, mais uma vez marcado pelo equilíbrio e no domingo mais um momento marcante para esse grupo que a cada dia que passa fortalece os valores de uma verdadeira amizade. Detalhe, coincidentemente tivemos a definição das partidas no aproximar do meio dia, ou seja no final dos jogos.

RACHA DO SÁBADO.

Ninguém nunca deve menosprezar um jogueiro.

Jogo no primeiro tempo de equilíbrio, onde teve como grande destaque a nova coloração dos cabelos do pequeno grande goleiro Cid (Preto fosco), inclusive a mesma foi decisiva no gol do time azul, pelo que parece colocaram uma quantidade muito grande de tinta e a mesma estava se desfazendo, caindo no seu rosto (tanto que ele mudou de camisa no decorrer da partida, colocando a blusa preta), isso lhe atrapalhou e o pequeno grande goleiro acabou deixando a bola passar no chute do Ivan, mas mesmo com o goleiro cheio de vaidade falhando, o time branco terminou o primeiro tempo ganhando de 2x1.

No segundo tempo o jogo aéreo do time azul fez a diferença, virada para 3x2 com gols de cabeça do Beto e do Felipe, o grande problema foi que o azul virou com a cabeça e deixou de ganhar com os pés, várias foram as chances desperdiçadas. Contudo a substituição no decorrer da partida fez a diferença. Zé Carlos entrou e praticamente não tinha acertado uma jogada, até pegar uma bola na entrada da área faltando menos de três minutos para o final da partida, cercado por quatro adversários, eis que o Maguim encontrou um espaço colocou no canto do goleiro, empatando a partida.

Quando tudo indicava para mais um empate, o time azul cede um contra ataque para o adversário, a bola cai nos pés do Aymoré, quando ninguém acreditava (nem mesmos seus companheiros) que poderia sair uma jogada produtiva (em função da quantidade de marcadores) o cara acertou um chute que caprichosamente bateu na trave e os santos protetores dos animais levaram a bola para os pés do Henrique, pronto a festa do mercado veterinário estava completa no RACHAÇA, o fornecedor e o gerente da distribuidora resolveram a partida e nessa reta final de mês quem está agradecendo são os donos de Pet Shop, os descontos essa semana aumentaram, e a dupla está utilizando o exemplo do jogo para a rotina de trabalho, vão em busca de cobrir a meta de vendas até o último minuto do mês.

DOMINGO RACHAÇA x TIME DA IMPRENSA (O POVO)

Em mais uma brilhante idéia do Promoter Fábio Mota Leitão (futuro presidente do Leão), tivemos a oportunidade de reunirmos não apenas os racheiros, mas boa parte da família RACHAÇA, em um domingo pela manhã, para realização de um amistoso que além de congregar as famílias, serviu para expor o melhor racha do CEARÁ junto a mídia esportiva do nosso estado e alimentar um pouco mais essa paixão que nos une chamada FUTEBOL.

Dentro de campo observamos que alguns dos repórteres e cronistas esportivos do nosso estado entendem um pouco do assunto também dentro das quatro linhas, destaques para o Jussiê Cunha e o Bruno Formiga, já o Robertinho pelo jeito agradeceu a contusão do Luis Costa, o repórter estava dando muito trabalho para o nosso lateral esquerdo. Primeiro tempo bem movimentado, mas sem gols.

Segundo tempo e o nosso time foi beneficiado no aspecto físico, mudamos o time completo exceção nosso goleiro Alex, enquanto o time dos caras tinha dois ou três reservas. Por outro lado no time do RACHAÇA sobraram atacantes e faltaram zagueiros (e o pior o único que entrou foi o Balada), já os cronistas que tanto reclamam da retranca, tiveram que se render a tática do Dimas Filgueiras, e o pior, por pouco não deu certo, fizeram 1x0 em uma bela jogada do Jussiê Cunha em cima do Balada, tivemos um pênalti não aproveitado pelo professor Wilson, e quando tudo caminhava para derrota, restou ao time do RACHAÇA tirar a lição do dia anterior e no último lance de jogo empatar a partida em um belo cruzamento do Ludson e o corajoso complemento do Felipe disputando a bola com o goleiro, final do amistoso 1x1.

Final de semana para ficar na história do RACHAÇA que terminou com a vitória do ALVINEGRO MAIS QUERIDO DO NORDESTE sobre o Palmeiras do Célio e do Ivan.

DESTAQUES...

MARCA DESBOTADA, uniforme do zagueiro fazedor dos produtos de limpeza AGEX além de sujo, desbotou a imagem da marca...

VALENTE, além usar o meião do tiririca, nosso artilheiro em meio a um amistoso de confraternização, se estranhou com o zagueiro do outro time, deixando inclusive de levar vantagem da jogada para encarar experiente zagueiro do time adversário, o cara queria briga...

O COMENTÁRIO VIROU CONTRA O COMETARISTA, na hora da marcação do pênalti contra o time da imprensa, o Bruno Formiga já estava reclamando com o juiz, quando um atleta do rachaça questionou;
"Já vi você criticando a arbitragem várias vezes, por não ter coragem de marcar esse tipo de falta dentro da área"
Ele se rendeu a argumentação e direcionou a reclamação para o zagueiro.

ESCALAÇÃO PARA PADRINHO DE CASAMENTO, em meio aos comentários e agradecimentos do evento de domingo nas redes sociais, o zagueiro Fábio atrasou errado a bola para nosso goleiro Alex, a noiva do goleiro agradeceu e feito um artilheiro com faro de gol não vai desperdiçar essa oportunidade, está lançada a campanha “CASA LOGO CABEÇA”... e o Fabão tem que ser o padrinho.

Para finalizar parabenizar a todos e agradecer a todos por mais um final de semana espetacular, em especial ao promoter (Fabão), o primeiro ministro (Marquinhos) e o ministro da fazendo (Ivan) pelo empenho dos mesmos na organização dessa brincadeira, valeu.

Data: 28/06/2011

De: Fabão

Assunto: Re:Comentários do Final de Semana RACHAÇA

Muito boa a coluna Ludson Formiga...agora Leitão é dose cavalar!!!! Grande abraço.

Data: 28/06/2011

De: BALADA

Assunto: Re:Comentários do Final de Semana RACHAÇA

PARABÉNS NOVAMENTE POR SUA COLUNA ESPETACULAR E EU VI E OUVI NA HORA QUE FOI MARCADO O PENALTI , VC(LUDSON ) CORREU E FALOU PARA O BRUNO SOBRE O PENALTI E ELE SE RENDEU A VC.


ABRAÇÃO ,


ANDRÉ BALADA

Data: 04/07/2011

De: Alex Viana

Assunto: Re:Comentários do Final de Semana RACHAÇA

Até antes do último tópico o comentário tava perfeito, Pança!! hehe
Agora, falando sério, foi um fds realmente inesquecível para a família Rachaça. Sou feliz demais por fazer parte deste grupo!!! Abraço a todos!!

Data: 23/06/2011

De: Ludson

Assunto: Comentários Racha 18/06

Um verdadeiro jogaço, de excelente nível técnico, tanto dentro, como fora de campo assim foi o rachaça sábado passado. Ao todo 33 racheiros se fizeram presentes, destaque para trio de analistas que deram um verdadeiro show do lado de fora Nelson (O Mago), Nertan (o autêntico) e Paulo Lamparina (o justo), roubaram a cena contando com a presença do Wilson no primeiro tempo, e do Dr. Valdenir no segundo, podem ter certeza sobrou trairagem na tribuna de honra do colégio Militar.

O JOGO

Primeiro tempo foi bom, jogo bastante disputado, segundo os analistas que observavam a partida o time azul foi superior, contudo coruja do jeito que são Nelson e Nertan (será que isso é dupla sertaneja?) tinham que proteger a prole Daniel e Felipe, inclusive foi deles a jogada do gol da equipe azul no primeiro tempo, após a tabela entre o Daniel e o Marcílio, o primeiro cruzou para conclusão do Pepeu. Após o gol o branco apertou um pouco mais e chegou ao empate após bela troca de passes, que terminou com a finalização do presidente Ket, final do primeiro tempo 1 x 1.

FUTEBOL E A LÓGICA

Se o primeiro tempo foi bom, o segundo falta adjetivos, pelas analises após as substituições no intervalo da partida, todos acreditavam que o branco tinha entrado mais fortalecidos para etapa final, e mais uma vez percebemos a proteção paterna influenciar nas análises, Nertan não entendeu a substituição do seu filho Felipe até então artilheiro do time azul.
Com mais um gol do presidente logo no inicio da segunda etapa os prognósticos que vinham da arquibancada se consolidavam, mas como diz o jargão futebolístico “futebol é uma caixinha de surpresas”, eis que o time azul vira o jogo para 4x2 e chega a fazer 5x3, nesse momento muitos já se perguntavam sobre a lógica do futebol, considerando as análises feitas no inicio do segundo tempo. Porém quando tudo parecia definido dentro de campo, acontece uma inesperada reação do time branco, com uma participação especial do Aymoré (ele tocou a bola até quando errou), que de goleador virou garçom, a virada espetacular do time branco para 6x5. Nesse momento vimos dividas as opiniões de quem estava do lado de fora, teria prevalecido à lógica das analises no inicio do segundo tempo, ou mais uma vez os analistas foram traídos por acreditar que o jogo já estava definido? Sem dúvida esse será um questionamento que irá permanecer por muito tempo, a lógica no futebol, e no RACHAÇA principalmente, pelo fato da vontade e da superação fazer parte da rotina desse grupo.

SENTIMENTO PATERNO, vivenciando esse sentimento por parte dos seus colegas Nelson e Nertan, eis que brotou o sentimento paternalista no Lamparina, contudo sua opção de adoção não foi muito interessante, Leandro. Acabou tendo que justificar um ato inaceitável (uma entrada forte, sem a menor necessidade) dentro do RACHAÇA, feito um pai cego preferiu passar a mão na cabeça, ao invés de puxar orelha, foi voto vencido em um universo de mais de 30 pessoas.

GAROTO PROPAGANDA AGEX, nosso goleiro Alex com suas batidas de roupas, surgi como forte candidato ao posto citado acima, faltou apenas a presença do Balada para aprovar a nova campanha de marketing da sua marca que vem revolucionando o mercado de trabalho das lavadeiras...
MORAL EM BAIXA, de trabalhador brasileiro e cidadão respeitado, a Shaulin,e Kung Fu Panda, vale destacar que quem iniciou todo esse processo foi o Chain, quando tratou o nosso amigo de Dantinha no Facebook, compartilhando com todos sua mensagem.

DIÁLOGO DE FAMÍLIA, depois que o Alessandro perdeu um gol, olharam para o Ícaro e questionaram a atuação do seu pai, o mesmo sem pensar duas vezes soltou “Ainda bem que eu não puxei o meu pai no futebol” e o paizão cheio de orgulho completou “não puxando o tio Marcílio, tá tranqüilo.”

ARBITRAGEM, destacar a presença do vice campeão da Copa do Brasil em 1994 pelo Ceará, Ronaldo Salviano, os racheiros reclamando que ele errou na marcação de um escanteio, e o mesmo questionou “se vocês me esculhambam por um erro de escanteio em um racha, imaginem o que vocês fariam se estivessem no meu lugar jogando a final de Copa do Brasil que o Godói não marcou o pênalti no final sobre o Sérgio Alves.”

FINAL DE SEMANA TEM RACHAÇA EM DOSE DUPLA, sábado nosso tradicional racha no colégio Militar, e domingo nosso amigo Fábio Mota Maravilha (o homem mau do RACHAÇA), organizou o amistoso que está sendo chamado de “A VINGANÇA DO SISTEMA AUDITIVO”. Teremos a oportunidade de descontar ( da maneira que for mais conveniente), toda a raiva e descontentamento que temos quando escutamos ou assistimos aos programas esportivos locais.
Vamos mostrar dentro de campo quem entende mais de futebol, ou quem melhor sabe por em prática, as teorias tão fáceis de serem explanadas, mas que na grande maioria são dificultadas por esses profissionais, que priorizam criticar nosso clube do coração .

DOMINGO, 9:00 da manhã, no CAMPO DO UNICLINIC, RACHAÇA x TIME DA CRÔNICA ESPORTIVA DO ESTADO DO CEARÁ, vá e leve todas aquelas pessoas que discordam das opiniões do Trem Bala, da Grande Jogada, do É Gol, do Debate bola, esse é o momento de esculhambar esses felás...

Data: 24/06/2011

De: Alex Viana

Assunto: Re:Comentários Racha 18/06

É isso mesmo, meu comentarista!! Todo goleiro tem seus dias de infelicidade em campo, mas apenas os grandes goleiros são capazes de dar a volta por cima, ainda na mesma partida em q falhou. Modéstia à parte, destaco aqui minha defesa num chute cara-a-cara c nosso Guedinho, na reta final do nosso rachaça. Ali foi mantida a possibilidade de virada no placar, como aconteceu nos minutos seguintes.
Ah, desde já recuso o posto ao qual fui indicado. Posso bater roupa, mas, se o fizer, será com estilo e sem prejuízo à saúde pública! rsrs

<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!